Eu vou votar, e agora?
Eu vou votar, e agora?

Eu vou votar, e agora?

Listen to this article
Tempo de leitura 2 minutos

Eu vou votar, e agora?

“Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas. Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se opondo contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos.” Romanos 13.1,2 NVI5 razões pelas quais é tão difícil renovar a política brasileira - BBC News Brasil

Outubro está chegando cada vez mais rápido e nesse tempo de eleições há muitos problemas que começam a surgir, principalmente dentro da igreja. É com muita tristeza que vejo diversos cristãos brigando em casa, nas igrejas, nas redes sociais por causa de partidos políticos e ideologias deste mundo. Por isso, é tão essencial conversarmos sobre esse assunto. Vou votar esse ano, e agora?

Em um primeiro momento é necessário saber o que você considera importante em um candidato, então comece a pesquisar as ideias dos candidatos para os cargos que serão alvo das eleições e preste muita atenção na forma como seu candidato reage a críticas, suas emoções em debates e a forma como a sua família se comporta e é conhecida. Isso tudo é muito importante, claramente, mas o que é ainda mais importante é o que você, como cristão, deve buscar e como deve agir para glorificar a Deus nesse período.

Como cristão, você deve guardar a Palavra e buscar por alguém que também o faça (Salmos 119.11). Além disso, é importante buscar um candidato que seja irrepreensível. Lembra quando Paulo indica diversas características que os presbíteros devem ter para poder servir na casa do Senhor? (1 Tm 3.1-7) Pois bem, o seu candidato deve ter as mesmas características porque estará servindo ao Senhor no comando de uma nação inteira. Seu candidato deve ser justo, deve temer a Deus e deve ter domínio próprio.

Mas além do que você deve buscar no seu candidato, você também continua sendo cristão nesse época. Você têm agido de forma correta nessa época de eleições? Efésios 2 aborda as diversas brigas dentro da igreja de Éfeso, Tiago cita, também, diversas vezes como é importante parar de segregar e brigar na igreja. Sabendo tudo isso, por que ainda brigamos a respeito de ideologias? Somos filhos eleitos de um mesmo Deus bondoso, então por que queremos cortar parte desse corpo a cada eleição?

Saiba que você, como cristão, também deve ser irrepreensível durante as eleições. Você deve ter domínio próprio (Gl 5.23), deve ser justo, ser tardio para se irar (Tg 1.20) e deve ser hospitaleiro independente de quem aparecer na sua frente (Lc 10.25-37).

Por fim, entenda que, independente do resultado dessas eleições, a vontade de Deus NUNCA é frustrada. Quem for eleito, estará ali por vontade do Senhor para agir até onde Ele permitir. Paulo nos orienta, em Romanos 13, a respeitar as autoridades e o seu futuro presidente também é uma autoridade, respeite-o independente de quem ele for.

As eleições são coisas importantes para manter a cidadania e a democracia do nosso país, por isso é importe votar com sabedoria e com consciência. Porém, além de tudo isso você é estrangeiro nesse mundo e deve continuar se portando como cristão transformado pelo sangue de Jesus que foi crucificado por você… não abandone uma conduta santa nas eleições.

Deixe um comentário sobre este conteúdo!

%d blogueiros gostam disto: